terça-feira, 3 de maio de 2016

IGREJA POVO DE DEUS

As Escrituras Sagradas usam dezenas de expressões para denominar a Igreja, mas, acredito que o titulo “Igreja povo de Deus, é o que melhor retrata a existência dela”. Pois, de fato deste o Antigo Testamento Deus se revela ao Seu povo, naquela ocasião sendo Israel que prefigurava a Igreja. Já a partir dos evangelhos vemos contornos dessa configuração tomar formas e na Cruz da morte de Jesus e na sua ressureição vemos com toda clareza a Igreja tendo a forma de um grupo de pessoas que são chamados para fora de um sistema para se tornar a expressão exata de um povo exclusivo de Deus.
Os primeiros discípulos liderados pelos Apóstolos mostram que esse novo modelo de comunhão com Deus é marcado pela comunhão como está na por Lucas no Livro de Atos dos Apóstolos: “De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar”, Atos 2:41-47.
A Igreja como povo de Deus além de ser única ela também é atemporal, não existe a igreja de ontem a igreja de hoje e a igreja de Amanha, pois, os fundamentos e os princípios que regem o ser Igreja são imutáveis. Como povo de Deus a Igreja revela os atributos divinos na sua práxis diária como sal da terra e luz do mundo.