sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Em Casa que Falta Pão todo Mundo Grita e Ninguém tem Razão

Em casa que falta pão todo mundo grita e ninguém tem razão. Essa frase povoa o dito popular, e como todo provérbio tem um fundo moral ou uma lição implícita nossa frase traz consigo um ensinamento. Vivemos um tempo de muita apreensão em nosso país, continente, na verdade é um sentimento que ocupa o coração da humanidade hodierna. Os atos terroristas, as corrupções governamentais, as ideologias sendo vivida na forma mais acirrada já vista na história da humanidade. O resultado é: todo mundo gritando e ninguém tem razão. Cada dia parece ser mais angustiante que o dia anterior. Ninguém assume a culpa e nem a responsabilidade. Todo mundo fala (até eu), mas, ninguém para ouvir. Parece que todos tem uma receita para solucionar o problema, mas ninguém compra e nem toma o remédio. Talvez o que precisamos é encontrar um homem/mulher que tenha a sabedoria. Que o preconceito não nos prive desse encontro. "E encontrou-se nela um sábio pobre, que livrou aquela cidade pela sua sabedoria, e ninguém se lembrava daquele pobre homem". Eclesiastes 9:15.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

SAUDADES DE QUEM FOI



dia 10 de Janeiro de 1945 na cidade de Varginha, Mg, nascia Sebastião Carvalho Azarias, que com menos de 2 anos de idade mudou-se com sua família, para a Colonia Central no Município de Cornélio Procópio, onde ficou conhecido na família e amigos, e por todos que o conheceram como Tino, ou Tininho, por causa de sua estatura. Hoje completaria 72 anos. Mas, em 1995 um assassino cruel, atentou contra ele tirando-lhe a vida. Me privando de estar com ele nas conquistas que recebi do Senhor. Ele me dizia: "fio, você vai ser pastor, espera a hora, Deus vai te fazer um pastor! Disse a ele, quando estava morto, que o amava, que me orgulhava dele. tres meses depois de sua morte fui nomeado dirigente da IEAB em Santa Mariana, Pr , Poucos anos depois nomeado pastor. Me tornei um líder de nossa Igreja, assim como ele queria. Poxa, como me faz falta. Aquele desfavorecido de graça que como um animal tirou a vida de meu pai, não recebeu punição da justiça humana. Parece piada, falar em justiça em nossa País. Mas, como creio na Soberania Divina fui confortado pela Palavra de Deus. Não somente eu, mas, todas minhas irmãs, e minha mãezinha. Meu pai Conheceu apenas um neto, meu filho mais velho. outros netos vieram, 22 anos depois ele continua sendo meu herói. Se conquistei as graduações, Especializações, e projeções na vida e Ministério, sempre olhei para o exemplo de garra e coragem que tinha nele. 10 de Janeiro Aniversário de Meu querido e saudoso pai.