segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Falando de coisas sérias.

Futebol, política, religião, saúde, segurança, sexo, família. Destes assuntos, quais são sérios para você? Quais deles você leva a sério.

Futebol é coisa séria, eu acho. Movimenta paixões e bilhões de euros, dólares reais, e todas as moedas correntes nos países. Mas o futebol não é tratado com seriedade. É só ver os estádios, e a qualidade dos campos de futebol e as quedas de produção dos clubes e o êxodo de nossos atletas e cada vez mais precoce. Política é uma coisa tão séria que envolve a gestão da vida humana em uma sociedade organizada. Infelizmente também não temos visto uma postura séria por boa parte de quem faz política e nem da sociedade que deveria levar a sério a política por que é na política que está o futuro com equilíbrio. Uma pena ver como nosso povo é despolitizado. Saúde é outro assunto que todos concordamos que é serio e sério demais. Mas, você leva sua saúde a sério? Seja sincero. As noitadas, o cigarro, o álcool, a gordura, o sedentarismo, as massas em excesso, as drogas. Tudo isto tem deixado a vida em uma situação de fragilidade. Na verdade não temos, em geral, sidos sérios em relação a nossa saúde. Olhemos os hospitais, os prontos socorros.Segurança, esta palavra atualmente tem ocupado a pauta da ordem do dia, e isto, quase todos os dias, não só nos grandes centros, mas, também, nas pequenas comunidades. Nos embates eleitorais ouvimos que o candidato tal irá investir em segurança. Isto é sério, mas, não temos visto isto acontecer na pratica. Não estou transferindo a culpa para os governantes, pois, a parcela de culpa deles é pequena. A questão é mais séria ainda.

Sexo, mais um assunto sério. O Sexo é poderoso, ele produz vida, é por meio dele que o Criador promoveu a continuidade da espécie humana. Mas temos tratado o sexo de forma séria? Não. O Sexo está banalizado, e com a banalização temos crianças e mais crianças abandonadas. Adolescentes ainda em formação sendo mãe. E as doenças sexualmente transmissíveis, (DST) entre elas a AIDS, que ainda hoje tem trazido lágrimas para tanta gente.

Família outro assunto sério. Como está sua família? Fazem as refeições juntos, dão gargalhadas juntos, e as palhaçadas inerentes das famílias felizes! Parece diminuir dia a dia. Não, não temos levado a família a sério. Nossos legisladores têm proporcionado leis nocivas à manutenção da família. Algumas leis chegam a aberrações. Vamos falar agora de Religião também assunto sério. Sempre ouvi dizer que política, futebol e religião não se discutem. Mas, será que não deveríamos discutir mesmo! Brigar por religião não, mas discutir sim. Mas, o que temos visto é uma falta de respeito em nome de Deus. Exageros em todas as religiões, até mesmo entre os cristãos. Jesus propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; E ele arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado para quem será?Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus. E disse aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes”. Evangelho de São Lucaar 12:16-23. Falando de coisas sérias, com isto não se brinca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário